fbpx

A nova coleção da Paco Rabanne e seus fracos flexíveis

pacolat

Como todos sabem, a perfumaria seja ela nacional ou internacional estão sempre em buscas de fragrâncias inovadoras e até mesmo peculiares.

No entanto, tem uma marca internacional que realmente vestiu a camisa, no aspecto inovação, a marca Paco Rabanne, que a exatos 50 anos atrás, lançava o seu primeiro e icônico perfume o Calandre, considerada até hoje uma fragrância rebelde para as mulheres, e dando continuidade a sua história, hoje, a Paco Rabanne, lança uma nova linha a Pacollection.

Linha essa que vai conter perfumes unissex e seu propósito é unir força, função e emoção, além disso são os primeiros perfumes com frascos flexíveis com volumetria.

A criação patenteada tem aparência metálica, e vem junto de uma caixa cromada que vai ser impossível passar despercebida em suas prateleiras. Dentro dele, a Paco Rabanne criou um informe com dicas para prolongar a vida útil do perfume, e como aplicá-lo.

Pacolleciton é uma criação que juntou um time de perfumistas capitaneado pelo diretor criativo Julien Dossena, a coleção é composta por seis fragrâncias que são dão o toque final para um look e celebram a pluralidade de emoções que permeiam nossas personalidades. São elas Genius Me, Erotic Me, Fabulous Me, Crazy Me, Dangerous Me e Strong Me.

Para apresentar esta linha que desafia limites, quem melhor do que seus próprios criadores? Abaixo, você vai conhecer a essência de cada perfume.

Genius Me, de Dominique Ropion — uma ideia brilhante

 

Notas:  Alecrim- Casca de laranja- Musgo de árvore- Cristalfizz

Uma combinação de frutas cítricas na pele, iluminada por casca de laranja e reforçada pelo alecrim, em seu aspecto cítrico mais intenso. Este começo estrondoso acalma quando o musgo acrescenta uma misteriosa sensualidade. A nota Cristalfizz é uma nota reconfortante de lavanderia para este perfume pernicioso.

Dominique Ropion, perfumista e um mago técnico, trabalha com aromas como um escultor ou um arquiteto.

Erotic Me, de Quentin Bisch — um encontro apaixonado

 

 

Notas: Couro- Leite- Osmanthus – Incenso

A conjuração das notas de couro e leite é concebido com uma sensualidade elevada, tornando-se embriagado com esta flor especial, osmanthus, que evoca uma série de sugestões cativantes.

Aqui, seu acento de couro é, acima de tudo, muito opulento, quase licencioso. Em contraste, um acorde leitoso, amável, afável, que se torna leve como uma pluma. Por fim, o incenso chega como uma fumaça muito preciosa que envolve esse estranho encontro.

Quentin Bisch é um perfumista instintivo que adora capturar a beleza do invisível e transportar as emoções.

Fabulous Me, de Alienor Massenet — madeira que acelera o pulso

Notas: Abóbora- Ruibarbo -Baunilha – Sândalo

Nessa fragrância, uma madeira acobreada é concebida como uma floresta extraterrestre. O sândalo é uma base luxuriante e seu tom opulento é incendiado pela abóbora, um elemento pernicioso combinado com ruibarbo impecavelmente ácido. A essência pura da baunilha, um aroma profundo e animal, acrescenta mistério a este perfume.

Alienor Massenet é uma rebelde quieta que visualiza seus perfumes como cores e formas geométricas.

Dangerous Me, de Marie Salamagne — doçura subversiva

Notas: Baunilha- Gengibre- Cedro – Âmbar cinza

Um vício instantâneo com o âmbar cinza e sua poderosa presença. A nota baunilha acompanha este ambiente lascivo como um véu suave na pele. O cedro é uma sombra protetora e quente, enquanto a ponta de gengibre brilha neste perfume como um lampejo de impertinência.

Marie Salamagne é uma artista de perfumes que orquestra fragrâncias como uma sinfonia de emoções.

Crazy Me, de Alienor Massenet — um sol escaldante

 

Um floral ácido concebido como uma explosão de cores. Sinta a luz da mimosa, uma flor benevolente, misturada com wasabi, a resistente planta do Japão com um sabor picante. Groselha preta suaviza as bordas ásperas, enquanto o precioso sândalo apresenta uma estrutura voluptuosa. Crazy Me é um sol escaldante, uma esfera vibrante.

Alienor Massenet é uma rebelde quieta que visualiza seus perfumes como cores e formas geométricas.

Strong Me, de Fabrice Pellegrin — uma canção irresistível

Notas: Davana – Rum – Baunilha – Âmbar cinza

Uma fruta preta metálica considerada um licor hipnótico. A delicada planta davana é sagrada na Índia, honrando Shiva. Aqui, mistura sua doce e açucarada silagem com rum dourado como néctar. A madeira de âmbar e baunilha intensificam seu ambiente inebriante. Todas as notas são transformadas em melodia magnética.

Fabrice Pellegrin, que vem de uma longa linha de perfumistas de Grasse, se inspira nas profundezas da natureza para criar maravilhosas viagens olfativas.

 

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *