6 perfumes que inspiraram músicas – Os acordes das notas

6-perfumes-que-se-inspiraram-nos-acordes-de-musicas

Se tem uma coisa muito encantadora é a sinestesia, uma habilidade especial de nossa percepção que nos permite associar nomes com certas cores, notas musicais para possuírem certos aromas e matizes para que cada um possa sentir seu próprio gosto.

Em alguns casos, a imaginação pode ser mais fértil. Todas essas são formas de síntese entre várias formas de beleza, visando dar a pessoa uma percepção mais complexa da performance artística.

Hoje vamos falar de perfumes que inspiraram canções e vise versa, é literalmente grandes artistas traduzindo notas músicas em notas de fragrâncias.

A música é uma forma de arte que utiliza o som organizado no tempo. A palavra música vem da palavra grega (mousike), que significa “(arte) das Musas”.

Existem quatro coisas que a música possui na maior parte do tempo: a música geralmente tem tom, ritmo, dinâmica e timbre.

Já o perfume é um líquido que cheira bem às pessoas, às coisas e aos quartos.

Os compostos que constituem um perfume podem ser fabricados sinteticamente ou extraídos de fontes vegetais ou animais. A perfumaria moderna começou no final do século 19 com a síntese comercial de compostos aromáticos, como vanilina ou cumarina.

Uma curiosidade sobre o perfume é que ele cheira mais quando a temperatura está mais quente. Sabendo o que é música e o que é perfume, agora você deve estar se perguntando o que um tem a ver com o outro?

Os 6 perfumes que inspiraram músicas

Assim como muitos compositores escreveram sobre perfumes muito famosos de sua época, muitos perfumistas utilizaram da música para fazer seus perfumes.

Muitos dos perfumes que vamos te mostrar a seguir ou foram inspirados de uma música ou músicas foram escritas para eles.

Lembrando que não iremos falar de artistas que assinaram seus perfumes, mas vamos relacionar esses som com seus respectivos aromas.

  1. Gardénia, da Chanel

Á base de Camélia, o néctar do Gardénia da Chanel, traz sensualidade e um frescor único. Com acentos de jasmim e flor de laranjeira.

O Gardénia da Chanel traz um aroma indescritível, mas não para Eddie Barclay. Autor da música “Gardenia de Chanel”, ela faz parte de seu álbum “Eddie Barclay e la sua Grande Orchestra: ‘Parfums’”.

Lançado em 1963 pela Baclay e RCA Italiana. Ele transmite toda elegância e charme de um Chanel em seus 2:30 de música clássica.

  1. DS & DURGA DEBASER

Com notas do caule da Pêra, ervas verdes e bergamota, o DS & DURGA DEBASER transmite um estridente selvagem de Black Francis vindo do rádio no calor de agosto.

Figo maduro, íris, leite de coco, tonka e madeiras loiras secas são suas notas do coração. Este perfume foi inspirado na música de mesmo nome do grupo de rock alternativo The Pixies.

Lembrando que não é um perfume lançado pela banda, mas no site oficial do perfume tem como ouvir a música na hora da compra.

  1. Oden, de Guerlain

Ode da Guerlain é um perfume Floral Aldeído Feminino. Relançado em 2005 para a loja renovada da Guerlain nos Champs-Elysees.

Ode foi lançado pela Guerlain em 1955. Ele foi um ponto de partida e tanto na história de Guerlain. Monsieur Guerlain observa que também foi a primeira fragrância Guerlain a ter um nome de uma sílaba (a casa preferiu fortemente nomes de três sílabas, como Shalimar, Vol de Nuit, Nahema, etc.) e também foi a primeira a ter um frasco desenhado especificamente para essa fragrância.

Eddie Barclay lançou seus instrumentos para esta bela fragrância vintage da Guerlain e produziu uma ‘Ode de Guerlain’.

  1. Wonderstruck, da Taylor Swift

Ele é um perfume frutado com notas de frutas vermelhas. O Wondertruck tem o objetivo de trazer um aroma doce e delicado.

Seu início é de amoras pretas e framboesa. Taylor foi inspirada por sua música “Enchanted” ao criar Wonderstruck, ela escreveu a letra

“Estou maravilhada, corando todo o caminho para casa” para a música, sobre a primeira vez que você conhece alguém.

E é assim que nos sentimos ao experimentar esse perfume: maravilhados.

  1. Gorilla perfume, da Lush Cosmetics

Este “perfume cremoso em camadas” da Lush Cosmetics foi inspirado nas músicas de Clem Snide, Massive Attack e Radiohead.

O Gorilla Perfume são mais do que apenas fragrâncias. Eles são a soma das inspirações, histórias e experiências do perfumista.

Os caminhos do exuberante perfumista Simon Constantine e Hal se cruzaram pela primeira vez em uma loja Gorilla Perfume em Edimburgo e os dois começaram uma conversa profunda, durante a qual tal compartilhou sua história de vida agitada e aventuras artísticas.

Nasceu assim a ideia de fazer um perfume inspirado na vida de um músico.

  1. Geza Schoen Bass

Para um projeto chamado Ephemera by Unsound, Geza Schoen criou três fragrâncias, todas interpretações olfativas do material de áudio eletrônico fornecido por três artistas de EDM.

Bass foi inspirado em uma faixa do Kode9. O perfumista Geza Schoen continuou a usar a música como brief para os perfumes e a MFO forneceu interpretações de vídeo.

Acho que esses perfumes valem o esforço porque, uma vez que invadem sua consciência, são muito difíceis de não sacudir.

Não precisa ser um artista para apreciar um bom perfume, mas é necessário sensibilidade e uma boa história pra contar para fazer sucesso.

Tanto nas notas de uma música quanto nas notas de uma fragrância uma coisa é certa: imaginação, criatividade e sensibilidade ao inesperado são a chave para um hit ou uma ótima venda.

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on whatsapp
This error message is only visible to WordPress admins
Error: No users set.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também